Garibaldi Gastrô se adapta para seguir com os eventos durante a pandemia


Crédito: Garibaldi Gastrô, Divulgação

Assim que a pandemia da Covid-19 começou, em março de 2020, a presidente da Associação Garibaldi Gastrô, Catherine Nicolao Tedesco, convocou uma reunião para conversar com os sócios. Logo no início do encontro, já havia uma conclusão muito clara: “Em nenhum momento, nós cogitamos cancelar os eventos do Garibaldi Gastrô. Nosso objetivo era pensar como poderíamos nos adaptar à situação para que alguma programação acontecesse com segurança”, conta ela. As ações tomadas deram tão certo, que continuam em 2021 e serão integradas à programação oficial. Em uma conversa conosco para falar sobre pandemia, os eventos da associação e o início da retomada, Catherine fez questão de reforçar a união dos associados. “Nós trabalhamos juntos, não tem esse espírito de concorrência, mesmo que todos atuem na área gastronômica. Dessa forma, com parceria e cooperação, conseguimos pensar em outras atividades”, afirma. O tradicional jantar a bordo da Maria Fumaça, que em 2021 chega à quinta edição, foi deixado em stand by em março do ano passado. Com a situação vivida pela país naquele momento, não era possível saber o que aconteceria. O que Catherine e os sócios não queriam era que, por não ter o jantar, o Garibaldi Gastrô caísse no esquecimento. “Nós precisávamos fazer algo”, completa.

E eles fizeram. Na pandemia, em 2020, nasceu o almoço solidário, em formato drive thru e montado com o apoio dos food trucks dos associados. Foram vendidos 150 almoços. O ingresso era comprado com antecedência e, no dia, de carro, a refeição era retirada. A renda foi revertida para o Fraterno Auxílio Cristão (FAC), uma instituição de Garibaldi. O sucesso foi tanto, que neste ano o almoço voltou a acontecer. Nesta semana, foi realizada a segunda edição, com 200 ingressos vendidos e a arrecadação destinada à Liga de Combate ao Câncer da cidade. “Esse evento ficará na programação, porque as pessoas gostaram”, reforça Catherine.

As oficinas também aconteceram em 2020, mas em formato híbrido. Os chefs estavam reunidos, com distanciamento e todos os cuidados, e o público acompanhou online. O mesmo formato será repetido neste ano, em setembro. “Estava muito difundida a ideia das lives e então nos adaptamos. O evento, que sempre foi presencial, com o público ao lado dos chefs, precisou ser alterado para que pudesse acontecer”, lembra ela.

E quanto ao tão esperado jantar? Pois é, sem saber, o Garibaldi Gastrô já praticava o distanciamento social antes mesmo da pandemia. Catherine explica: “Como nós colocamos mesas portáteis dentro da Maria Fumaça, para que as pessoas comam de forma mais confortável, já era necessário usar só metade dos bancos. Conforme o ano de 2020 foi se desenrolando e as regras foram sendo definidas, nós percebemos que poderíamos realizar, desde que incluíssemos medidas de segurança”. E assim aconteceu. Com adaptações, como o uso de máscaras, muitos tubos de álcool em gel dispostos pelo trem, medição de temperatura e o antepasto, antes servido em uma mesa grande, entregue em pratos individuais, o jantar foi realizado. Além disso, também houve um cuidado rigoroso com as taças. “Foi preciso se adaptar, e o Garibaldi Gastrô fez isso. Nosso evento híbrido possibilitou que pessoas de todo o Brasil acompanhassem as aulas, criamos o almoço e o jantar foi um pouco diferente para garantir a segurança. Deu tudo certo porque nós paramos, pensamos e buscamos alternativas”, acrescenta Catherine.

Toda a programação com esse formato foi mantida para 2021 e ainda ganhou um evento extra. Em outubro, o Garibaldi Gastrô promove um almoço super especial. Com a ideia de fazer algo ao ar livre, em função da pandemia, a associação escolheu a pista do Aeroclube de Garibaldi como "restaurante". Será mais uma experiência gastronômica diferente na Serra Gaúcha. “Teremos chefs daqui e de fora”, adianta Catherine. A respeito da retomada nos eventos e no turismo até o final deste ano, ela está otimista. “As pessoas estão loucas para viajar e já se percebe um movimento maior. Acredito que quando a vacinação estiver completa, todos os adultos com a segunda dose, vai aquecer bastante”. O Garibaldi Gastrô já está preparado.

12 visualizações0 comentário
Patrocínio
Banrisul Vertical_colorazul.png
Sicredi-2.png
logo-Sicredi-Serrana-2.png